Parceiros

Para que você consiga criar um animal saudável, ao comprar ou ganhar um filhote é aconselhável que ele seja examinado minuciosamente por um Médico veterinário. Independente da saúde que apresente, desde início, você deve levar o seu cão para consultar o médico veterinário anualmente e manter a vacinação do seu animal em dia. Assim o seu amigão correrá menos riscos de desenvolver alguma doença grave e facilita o tratamento de alguma doença prematura que pode vir a aparecer. Siga o roteiro abaixo, ele pode ser útil para reconhecer se o seu animal está saudável.

 

Comece examinando a Cabeça

Através dos olhos você pode descobrir doenças no seu. Basta abaixar a pálpebra inferior, se eles estiver rosada, está tudo bem com o seu cachorro. Caso esteja pálida é melhor levá-lo ao veterinário, neste caso pode ser que o seu cão esteja anêmico. Os olhos precisam estar claros, sem inchaço ou secreção amarelada.
Observe se na parte escura dos olhos não tem manchas brancas ou embaçada. Com esse cuidado você pode ajudar a prevenir doenças de cegueira do seu filhote pra que ele tenha sempre uma ótima visão.

Agora examine as orelhas:

As orelhas do seu cão não podem ter secreção ou mal cheiro. É necessário que você examine sempre a parte externa e interna para prevenir crostas. Desta forma, você evita que o seu cãozinho desenvolva ácaros ou sarna. Limpe as orelhas do seu cão com algodão, se notar mal cheiro no ouvido do seu animal, secreção amarelada ou amarronzada, leve-o ao veterinário para que ele diagnostique, pois pode ser otite.

 

O próximo passo é a boca

Os dentes tem que estar firmes e inteiros, caso estejam quebrados ou com mobilidades o seu cão pode estar sentindo dor de dente. Observe as gengivas levantando o lábio, elas devem estar rosada. Caso estejam muito claras pode ser também sintomas de anemia. A língua do seu amigão também deve estar rosada, e quando ele se exercitar verifique se a língua fica arroxeada ou azulado. Caso haja alteração na cor da língua durante atividades físicas, consulte o Medico Veterinário. Os cães também precisam de cuidados odontológicos. Verifique se há mal hálito, presença de tártaro ou placas duras e amareladas nos dentes. Constantemente faça limpeza nos dentes do seu cão. Outra coisa que costuma parecer são verrugas na boca ou lábios do animal, assim como placas brancas dentro boca. Caso aconteça, consulte um médica veterinário.

 

Chegou a hora de examinar o focinho

O focinho deve ser observado se está quente porque isto pode ser um sinal de febre. Se perceber também alguma secreção, perda de apetite, patas e orelhas quentes é melhor levar o seu cão ao veterinário, pois estes são sintomas de febre. O cão costuma transpirar pelo focinho em dias quente, portanto cuidado para não este tipo de sintoma com febre. Caso o focinho do cão fique branco sem pigmentação em dias quentes, o ideal é passar um pouco de filtro solar no local para protegê-lo de queimaduras de sol.

Pelagem

O pelo do seu cão deve ser bem examinado. Normalmente os pelos caem anualmente.
Facilmente os cães pegam  pulgascarrapatosbernes, piolhos e parasitas.  Parasitas são pequenos e castanhas não saem do lugar. Devemos preocupar com as  condições de higiene dos canis ou do lugar onde seu cão vive.
Se perceber  falhas na pelagem, crostas ou ferimentos o seu cão deverá ser levado ao veterinário para diagnostico e medicação. Outra coisa que pode aparecer no pelo do seu animal são nódulos, verrugas grandes, ou várias verrugas menores. Caso aparece qualquer uma destas anormalidades você deverá levar seu cão ao Médico Veterinário o quanto antes.

3.  Órgãos e Corpo

Observar a parte interna do seu animal se torna super difícil para perceber alguma anormalidade. Se preocupe caso haja alguma manifestação externa como por ex.: vômitos, diarreia, excesso ou falta de urina, ingestão exagerada de água, tosse, cansaço, dor ao se movimentar ou tentar pular, “engasgo” após exercício ou excitação, etc. Se persistir por mais de dois dias estas manifestações, deverá leva-lo ao veterinário.

Devemos preocupar com a obesidade de seu cachorro. Ele não pode ficar acima do peso. O veterinário saberá até que ponto seu cão estará obeso. Quando seu cão estiver com as costelas aparecendo, significa que ele está a abaixo do peso. Observar se a barriga do seu cão está muito grande. Não confunda com comida pode ser verme. Seu umbigo deve ser observado porque cães e gatos também sofrem de hérnia principalmente os filhotes.

Podem aparecer tumores nas tetas das cadelas e gatas, como também pode surgir nódulos, inchaços e secreções. As cadelas e gatas podem ter tumores, benignos ou malignos, nas glândulas mamárias. Quando são castradas correm menos risco de terem tumores. Seria até como método de prevenção castrar as fêmeas.

4. Cuidado com as Patas

Se perceber que seu cachorro sente dor quando você flexiona e estende suas patas pode ser mau sinal. Leve ao veterinário para examinar. Normalmente eles não gostam que peguem em suas patas. Assim às vezes podemos confundir medo com dor. Se numa segunda tentativa ele reagir como dor aí sim deve de preocupar.
Pode ter entre os dedos, parasitas, carrapatos ou ferimentos. A unha do seu cão deve ser cortada. Basta levar ao Pet Shop ou veterinário para cortar.

5. Agora os Genitais

Na fêmea deve ser observada a vulva externa da vagina. No macho o pênis, deve ser observado à pele que o recobre, os testículos e bolsa escrotal, isto é, a pele que reveste os testículos.

Devemos observar se há secreção nos genitais. Se for em excesso, procure o veterinário, pois não é normal, principalmente, se for uma fêmea acima de 7 anos
Os dois testículos do devem estar na bolsa.
A pele que reveste os testículo não  pode ter  irritações ou feridas, e também não pode ter diferença de tamanho.

6. Por ultimo a Cauda

O exame estará completo chegando à calda. O rabinho de seu animal não pode ser esquecido. Ele é um grande armazenador de pulgas. Causam muito desconforto chegando ferir por conta das coceiras. Os cães de calda longa e pesada costuma machucar a ponta da calda. Nunca deixe de examinar a calda do seu amigo seja curta ou longa.

Ração

Pet Shop

© 2018 Casa da Ração BH. Todos os direitos reservados.
Agência de Marketing Digital - Criação de Sites - Otimização de Sites