Publicado em Deixe um comentário

Obesidade em cães e gatos

Compartilhe nas suas redes sociais!

Um PET fofo nem sempre é um PET saudável.

Assim como nos seres humanos, a obesidade em PET’s é uma doença nutricional que serve como porta de entrada para diversas outras, como: hipotireoidismo, síndrome de Cushing, diabetes, doenças cardíacas, respiratórias e ortopédicas.

O que causa a obesidade nos PETs?

As duas principais causas da obesidade em animais de estimação são:

  • sedentarismo;
  • alimentação desbalanceada;

Ao realizar pouca ou nenhuma atividade física, os animais domésticos podem apresentar comportamento agressivo, além de afetar no convívio com o meio social. A modernização que atingiu os humanos chegou aos animais da pior forma. Em um mundo cada dia mais corrido, separar um tempo de lazer para praticar atividade física se tornou uma tarefa difícil e isso afetou a vida dos PETs. Ao se abster dos cuidados necessários para uma vida saudável do animal, o dono atesta sua incompetência em manter os cuidados essenciais que um Pet exige. Se você não tem tempo para fazer o básico, não adote um PET.

 

Ademais ao sedentarismo, a alimentação desordenada e sem qualidade é outro fator preponderante para o aumento no risco de obesidade dos cães e gatos. Nutrição em excesso ou desqualificada, somada a falta de atividade física, é o que o animal precisa para uma pesada obesidade. Não economize na comida. Invista em qualidade.

Quais os números da obesidade?

De modo geral, são considerados clinicamente obesos quando seu peso corporal está pelo menos 15% acima do ideal. 20% a 40% da população canina é considerada obesa. Número alarmante. O controle da obesidade por meio de dieta e aumento de atividade física é difícil, porém necessário. Apesar de exigir muito do animal, é o dono que deve demonstrar maior interesse e foco em aplicar as prescrições veterinárias no seu PET.

Ração para gatos e cães obesos

O melhor a se fazer é investir em uma ração light, que possui menor número de calorias. Outra medida interessante é fracionar as quantidades de refeições ao longo do dia.

Quer uma dica importante para cuidar da saúde do seuPET?

Se atente a alimentação, dorneça rações de qualidade e evite excessos, caminhe com seu pet regularmente, estimule a atividade física e visite o Dr. Luiz (nosso veterinário) com frequência para fazer todos os exames necessários periodicamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *